Índices de vacinação caem nos últimos anos

A temporada de inverno chegou, é hora de se vacinar
19 de julho de 2021
Vacinação em empresas: proteja os seus funcionários
13 de setembro de 2021

Índices de vacinação caem nos últimos anos

O país passa por coberturas vacinais decrescentes por conta da pandemia de covid-19

Os índices de atualização de vacinas como BCG, poliomielite, dTpa e outras, vem caindo vertiginosamente nos últimos anos.

Com a pandemia de covid-19 muitos adultos e idosos deixaram de lado a vacinação contra outras doenças infecciosas que também podem evoluir para um quadro grave de saúde.

Além disso, esse é o grupo de pessoas responsáveis pelo acompanhamento do calendário vacinal infantil, que também está com números baixos de vacinação.

É ao longo da infância que recebemos as vacinas mais importantes e que irão nos proteger durante vários anos, como a vacina BCG, meningites, tetra e tríplice viral. A cobertura vacinal da BCG, por exemplo, ficou em 57,22% em 2020, enquanto em 2018 era de 99,72%. Esse cenário faz com que doenças, que até então não apresentavam números relevantes, começassem a ressurgir e alertar toda a população, como o caso do sarampo, que a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo voltou a registrar um aumento do número de casos, contabilizando 9.347 casos em 2019 e 454 em 2020.

É muito importante manter a caderneta de vacinação sempre atualizada em todas as fases da vida, principalmente durante os primeiros meses.

Além do calendário de vacinação das crianças, existem também o calendário do adolescente, do adulto e também o calendário do idoso. Não devemos nos esquecer das campanhas de vacinação que acontecem todos os anos, contra a gripe e a pneumonia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + seis =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.